Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

Estudo on-line


ONG Instituto guia . . . ong moradia e cidadania . . . Paulitecplasticos - Progeto de ong destinada a reciclagem
Total de visitas: 78723
A importancia dos cuidados com o lixo

O lixo é importante porque, se for despejado em qualquer lugar, traz pragas e poluição.



Existem materiais biodegradáveis, retornáveis, reutilizáveis, recicláveis, poluentes e lixo hospitalar. Todos estes materiais devem ser separados entre si, para que recebam o devido tratamento e assim se evite de acumular lixo nas ruas e no meio-ambiente como um todo.

BIODEGRADÁVEIS: são materiais que se decompõem facilmente, tais como restos de comida, grama cortada, flores murchas, guardanapos usados de papel, pepel higiênico usado, etc.
Destino: todos esses materiais são depositados em um aterro sanitário, onde podem se decompor sem atrair pragas para áreas habitadas ou áreas de preservação natural.
Observação: restos de frutas e verduras podem ser usados para fabricação de ração para animais (porcos e gado em especial) ou fabricação de adubo orgânico, devem ser embalados separadamente do lixo produzido no banheiro e também separadamente dos restos de comida com sal e/ou carne.

RETORNÁVEIS: são embalagens recolhidas diretamente pelas empresas que as utilizam. Na empresa elas são lavadas e reabastecidas com o produto para o qual foram fabricadas.
Exemplos de retornáveis: garrafas de vidro, sacos de ráfia, tonéis de ferro, caixas grandes de papelão.
Observação: as garrafas de refrigerante pequenas de vidro são sempre recolhidas pelos bares porque são retornáveis, se o comerciante perder as garrafas, terá que comprar garrafas novas para então mandar reabastecê-las.

REUTILIZÁVEIS: são materiais resistentes que podem ser reaproveitados em casa, pelo próprio consumidor.
Exemplos de reutilizáveis: vidros de conserva podem ser usados para guardar pequenos objetos ou mesmo outros alimentos que venham em embalagens descartáveis, sacos de algodão (embalagens de algumas hortaliças) podem virar capas de almofadas, potes de plástico podem virar brinquedos de sucata, caixotes de madeira podem virar móveis rústicos.
Observação: a maioria dos materiais reutilizáveis também é reciclável, exceto a madeira e a cortiça.

RECICLÁVEIS: são materiais descartáveis (que dificilmente se pode reaproveitar em casa) feitos de papel, plástico, metal ou vidro e que não são recolhidos pelas empresas.
Destino: esses materiais devem ser embalados limpos, sem resíduos de comida ou sujeira, e encaminhados para os galpões de reciclagem - onde são comprados para se transformarem em matéria-prima de outros objetos.
Exemplos de recicláveis: caixinha de leite, garrafas e latas de refrigerante ou cerveja, caixas pequenas e médias de papelão, sacolas de plástico, embalagens de xampu, caderno usado, jornais velhos, etc.
Observação: se você separar corretamente o lixo, poderá vendê-lo. Uma família de 4 pessoas produz, em média R$ 3 (três reais) em lixo reciclável por semana. Se você acha que R$ 3 por semana é pouco para reciclar, separe o lixo assim mesmo e deixe do lado de fora da sua casa, pois muitas pessoas juntam o lixo reciclável para vender e sustentar suas famílias com o dinheiro da venda.

POLUENTES: são materiais que, depois de serem usados, precisam de cuidado especial. Eles não podem ser jogados no lixo nem na privada, pois poluem as águas e os solos.
São materiais poluentes: pilhas, óleo de caro, óelo de cozinha, embalagens de agrotóxico, remédios, graxa, e vários outros - as embalagens de produtos poluentes sempre informam se o produto é tóxico ou perigoso.
O que fazer: quando você toma o remédio ele ajuda a curar a doença, mas quando você está curado e sobrou remédio, ele tem que ser entregue em um hospital. Quando você usa óleo de cozinha para fitar a comida, tudo o que sobrar do óleo deve ser colocado em uma garrafa e entregue em um centro de reciclagem de óleo. As pilhas usadas devem ser encaminhadas para os papa-pilhas, alguns supermercados e bancos já têm papa-pilhas. Embalagens de agrotóxico devem ser devolvidas para a loja onde foram compradas.
Qualquer dúvida sobre lixo poluente, procure o Departamento de Limpeza, a Vigilância Sanitária ou a Defesa Civil de sua cidade.

LIXO HOSPITALAR: são os materiais usados em hospitais e consultórios de médicos e dentistas. São agulhas de injeção, algodão, gesso, linha de sutura, gaze, esparadrapo, palito de empurrar a língua (quando o médico olha a garganta), e todas as coisas que podem conter os vírus e germes das pessoas que estavam doentes.
Este material é recolhido no próprio hospital, esterilizado para matar os vírus e os germes e então encaminhado ou para o aterro ou para a reciclagem.
Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net